SB20 em Portugal

O SB20 em Portugal

A Classe surgiu em Portugal em 2004, como classe Laser SB3, graças a um conjunto de amigos velejadores, com uma larga experiência em provas nacionais e internacionais, que não praticavam vela por não se reverem, entre as alternativas existentes no país, num barco que pudesse simultaneamente servir para passear e fazer regatas, com os amigos, dentro das limitações profissionais e familiares que agora encontravam.

O que procuravam era um barco moderno, em que o factor físico não fosse importante de forma a poderem andar com os amigos ou família, que não precisasse de muitos tripulantes, tão difíceis de reunir semana após semana, e em que o factor financeiro não fosse preponderante, portanto preferencialmente um One Design.

Após um período de cerca de um ano de procura nos novos modelos que iam aparecendo nos mercados Internacionais, surgiu, no início de 2004, a hipótese do Laser SB3, que encaixava perfeitamente no que procuravam, para além do factor sentimental de ser desenhado pelo arquitecto naval português mundialmente reconhecido, Tony Castro, estabelecido há muitos anos em Inglaterra e na Irlanda.

O primeiro trabalho foi contactar o fabricante, a Laser Internacional, que os encaminhou para o representante em Portugal, a Bicasco. O passo seguinte foi começar a reunir nomes de potenciais interessados, e convencer a Bicasco que o projecto tinha futuro, mas que seria indispensável trazer um barco de demonstração para Portugal com o objectivo dos candidatos o puderem experimentar antes de tomar a decisão.

A Bicasco conseguiu que viesse um barco de demonstração, tendo na altura sido feitos convites a mais de 70 velejadores da zona centro. De entre estes, 50 experimentaram o barco durante os meses de Abril e Maio de 2004, tendo a aceitação sido enorme, o que se demonstra pela imediata encomenda de 3 barcos, que se revelaram fundamentais para a concretização desta iniciativa.

Desde essa altura até Setembro de 2004, a frota cresceu até 7 barcos, o que permitiu efectuar as primeiras regatas com esta frota, composta por:

POR 3092 – João Brito
POR 3100 – António Azevedo Coutinho e Fernando Bello
POR 3101 – Duarte Bello
POR 3105 – Luís Figueiredo
POR 3111 – Frederico Pinheiro de Melo, Pedro Pinheiro de Melo e Miguel Empis
POR 3114 – Carlos Pinto Azevedo
POR 3115 – Gonçalo Esteves

Isto permitiu a preparação de um Calendário para 2005, concentrado no Clube Naval de Cascais, que incluiu 3 grandes provas do calendário anual do CNC, para além de 9 Club Races distribuídas ao longo do ano, 6 provas exclusivas, de entre as quais se destacaram o primeiro Campeonato Nacional de Laser SB3 em Junho de 2005.

GALERIA DE CAMPEÕES NACIONAIS

  2005     Fernando Bello, Paulo Martins e Abílio Martins

2006     Fernando Bello, Carlos Empis e Bernardo Pinto Gonçalves

2007     Bettersoft de Luis Santos, Rui Duarte e João Maria

2008     Engexpor de Fernando Bello, Francisco Mourão e André Gray

2009     Engexpor de Fernando Bello, António Gois e José Bello

2010     Capital Moura de Filipe Silva, Joaquim Moreira e Pedro Costa Alemão

2011     Dom Pedro Hotels de José Paulo Ramada, Pedro Andrade e Luís Queiroz

2012     TEAM ROFF de António Mello, João Mello e Manuel Arriaga

2013     Vasco Serpa, Joaquim Moreira e Pedro Costa Alemão

2014     Vasco Serpa, Joaquim Moreira e Pedro Costa Alemão

2015     Diogo Cayolla, Nuno Barreto e Bernardo Freitas

Deve ser também referido o sucesso do Torneio de Famílias, que já vai na sua oitava edição onde é obrigatória a presença de uma mulher e uma criança em cada barco, sendo pelo menos um deles familiar do proprietário. A regata é habitualmente realizada num fim de semana de Setembro e tem atraído cada vez mais familias, demonstrando bem o sucesso da classe.

Desde então o calendário e o número de barcos foi sendo sempre dinamizado; a frota cresceu para quase 30 barcos, o que permite regatas bastante competitivas e interessantes e permitiu a candidatura à realização do Campeonato do Mundo em Portugal em 2009. A candidatura em conjunto com o CNC teve sucesso e a realização do Campeonato do Mundo da Classe Laser SB3 em Cascais no início de Setembro de 2009, foi um sucesso sobre todos os pontos de vista.

Em Maio de 2012 o Tony Castro e um conjunto de proprietários chamaram a si a marca, que passou a  SB20.  Foi dado inicio à construção de uma nova serie de barcos no Reino Unido pela SPORTSBOAT WORLD.

Pode-se afirmar que as perspectivas de crescimento da classe continuam em bom ritmo, esperando-se que a frota continue a crescer em Portugal de uma forma sustentada!